O flagra no reú Olarte zombando da Justiça e combinando encontro com Ueze Zahran. Ouça o áudio

Mais um espetáculo deprimente,  proporcionado pela quadrilha que, durante um ano e cinco meses,  tomou de assalto a prefeitura de Campo Grande.
Trata-se de uma conversa captada pela polícia, através de gravação telefônica obtida com autorização judicial, envolvendo o pastor defenestrado do cargo de prefeito e o filho do desembargador Sideni Pimentel, o advogado Rodrigo Pimentel, que teve participação atuante na catastrófica e ilegitima gestão.
Em áudio capturado pelo Gaeco, Olarte zomba da Justiça, enquanto Pimentel dá risadas. Na sequência, ambos confabulam uma visita ao empresário Ueze Zahran, em São Paulo, quando tratariam de um acerto com a TV Morena com vistas ao apoio da emissora a administração corrupta do pastor encapetado.
No diálogo, no momento do início da conversa, Olarte estava em Brasília, prestes a entrar na sede do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e atende a ligação dizendo a seu interlocutor, Rodrigo Pimentel, "Fala irmão". Complementa, dizendo que estava em Brasília, entrando na sede do STJ para fazer o trabalho que tinha que ser feito. Rodrigo responde com uma sonora gargalhada.
Na sequência, após a zombaria em cima do Poder Judiciário, ambos tratam de uma visita que farão em São Paulo ao empresário Ueze Zahran, dono da afiliada da Rede Globo em Mato Grosso do Sul.
Rodrigo liga para reclamar de Godoy (Edson Godoy, na época secretário de comunicação de Olarte), que estaria insistindo para também participar da reunião com Ueze Zahran.
A conversa captada, além de revelar que o pastor Olarte estava atuando no STJ com objetivo de interferir nas decisões daquele órgão colegiado, obviamente utilizando para tanto, dinheiro público, estava também buscando a proteção da imprensa marrom, vez que o encontro em São Paulo tinha justamente este objetivo, sempre utilizando de maneira perdulária, ilícita e imoral os recursos oriundos dos cofres da Prefeitura de Campo Grande.
A reportagem faz parte de uma série que irá prosseguir, doa a quem doer, mostrando o 'modus operandi' de empresários e políticos descomprometidos com a sociedade e com o bem comum. 
José Tolentino
Editor do Jornal da Cidade Online

                                           Ouça o áudio:


Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online. 

José Tolentino

Jornalista. Editor do Jornal da Cidade Online.