Só Poesia: Estrela

Teu olhar brilhante é como um farol! Está sempre meu caminho guiando E minhas noites de brumas iluminando;.É meu sol ardente aquecendo o dia

12/10/2015 às 16:46
Estrela
Teu olhar brilhante é como um farol!
Está sempre meu caminho guiando
E minhas noites de brumas iluminando;
É meu sol ardente aquecendo o dia
Levando, pra longe, as nuvens escuras
Trazendo-me imensa paz e alegria
Livrando-me de todas as amarguras!
 
Teu olhar é estrela que me guia!
Que surge nos momentos de tristezas
Trazendo-me de volta todas as certezas;
Certezas que já imaginava bem distante
Mas que retornam para dentro de mim
Ainda mais fortes... mais vibrantes
Numa felicidade que não tem fim!
 
No teu olhar eu vejo... amor e paixão!
É o olhar profundo que sempre esperei
É o olhar de desejo que não esquecerei...
E estes teus olhos sorrindo para mim
São o meu porto seguro, o meu abrigo
Sem eles seria tudo triste... seria o fim
Não vê-los... seria um cruel castigo!
*Nádia Santos*
 
NÃO SABES, MAS SOU EU....
Não Sabes, mas....
sou o vento fresco que sopra teu rosto
quando bem cedo saes para iniciar um
novo dia....
Sou o sol que de leve aquece nas tuas manhãs o teu sorriso....
Sou a brisa ao entardecer fazendo voar os teus cabelos.
sou o horizonte que enfeita a tua cidade, a cidade bela
que escolhestes como tua...
... sou a noite nua com um céu todo estrelado e uma lua
iluminando e fazendo sombra de tua silhueta...
Sou eu a borboleta que te segue e te ensina o teu caminho...
sou eu a árvore que te dá sombra em dias de muito sol.
sou eu a chuva que molha o teu olhar...
sou eu que segue teus passos e corre para te abraçar
quando chegas de surpresa...
sou eu a presa fácil do teu amor
sou eu sou eu sou eu...
sou eu a cura total e verdadeira da tua dor....
*LirÓ CarneirO*
 
MADRUGADA
ESTAR COM VOCÊ
Estar com você
é mergulhar no infinito,
voar até o céu
e tocar nas nuvens e estrelas.

Estar com você
é viajar até o paraíso
acompanhado por anjos
e querubins.

Estar com você
é sentir-se como
um marinheiro em alto mar,
um passarinho a voar.
Por isso
como um marinheiro
quer o mar
como um passarinho
quer voar
quero você pra mim.
feliz assim...
*Edleuza Nogueira Fonseca*
 
A madrugada é o meu recanto.
Os sentimentos passam a ter
Uma intensidade maior.
Deve ser a quietude de um dia
Que foi dia, e agora está a caminho
De um novo dia.
No silêncio a minha alma encontra
Abrigo.
O meu coração me diz sensações
E emoções tão verdadeiras.
Vejo o que eu quero ver.
Ouço aquela voz, que vem do
Mais profundo do meu ser.
Choro sozinho sem ninguém ver.
Deixo vir á tona, os amores e os
Desamores.
Faço versos proibidos.
Exponho-me e sonho também.
A vida precisa desta fantasia.
Mas logo a realidade me chama.
Sinto o meu eu verdadeiro.
Sem sombras, sem enganos.
Gosto da madrugada, eu sempre me
revelo pra ela.
*Solange Moreira de Souza*
 
A VERDADE
Emociona

transpõe e transmite
É inalterável

não tem idade mesmo que seja

pouco importante ou poderosa

na sua forma de exprimir.

É permanente
constante
imutável nos tempos
porque ela não abala os
que pensam e agem
com amplidão.

Os autenticos, os leais,
os sinceros sabem falar
sobre a dúvida
pois não a escondem
dúvida não é Mentira
é o caminho da Verdade!

Quem ama a verdade
tem o dom de olhar
atentamente o mundo
pois guarda para si
o testemunho de saber
distinguir os acontecimentos
e quem sabe ativa
a infinita virtude
de perdoar!

*Celina Vasques* 


Tu ...és único

Para eu ver todo o encantamento do mundo

As belas coisas da vida... 
Basta eu olhar para o teu rosto meu amor...
O que eu sinto por ti é verdadeiro... 
Vê... Tu és o único pra mim!

Teu beijo tão suave e doce me faz desejar mais... 
Muito mais! 
Olho ao meu redor e vejo que ninguém vai 
te amar mais do que eu... 
São flores a escolha da primavera... 
Nossa cama de amor perfumada...

Eu escuto a tua voz em silêncio... 

Tu me fazes sentir amada... Tu colocas este 
sorriso no meu rosto...
eu queria que também sorrisses para mim...

Por favor...seja meu para sempre...então eu 
poderei sorrir toda vida...

A estrada é nossa...o mundo também...vem! 
Nunca pensei encontrar alguém como tu...
o amor é como 
Um pássaro que voa nos céus...
a arma mais forte para matar a solidão... 
A maior dor na vida, não é morrer, 
mas para sempre ser ignorada...

*Celina Vasques*

 Choveu... Dentro e fora
Tão forte o estrondo que abalou ordens aparentemente definidas.
Há situações que desequilibram, abalam...
Resultam do acúmulo de energias deletérias
Envolvem a alma, quebrantam e intimidam.
Servem-nos de colapsos resultantes dos excessos 
Cobranças indevidas, 
Abusos que nos atam às responsabilidades indébitas
Falha de generosidade com si mesmo.
Caridade para com o Ser que ainda somos
Enquanto chove lá fora...
Dentro reviram-se sensibilidades
Como reflexão ininterrupta, vaga.
Sem nenhum assento ou conclusão definitiva.
*Wnaderlúcia Werlon Sott Meyer*
 
Dança comigo?
Hoje a lua brilha quer dançar comigo?! 
Esta noite o tempo não quer passar,
sorria...
Eu quero dançar com você na Lua
com a estrelas sendo luminárias 
Há um olhar dentro dos meus olhos, 
vem vamos dançar e dançar...     
Em um compasso de notas 
que demarcam o meu Eu em ti.      
Somos loucos desejos em pensamentos, 
almas unificadas, que bailam neste céu 
onde desviamos das estrelas agora tão 
iluminadas...    
Como se fossem o globo de cristal, 
gira em torno de nós dois, e pouco nos
importa o que se passa lá fora... 
Somos nesta madrugada, apenas você e eu.
Vem dançar comigo, segure em minha mão, 
encoste o  teu rosto ao meu e escute 
meu coração pulsar...
Porque ele ainda não conseguiu falar 
e só sabe sentir, demonstrar...    
Ah! coração que me trai, nas vontades loucas 
deste sonhar. 
Se sou demente, talvez que sabe, 
mas vivo você que baila comigo neste sonho.     
Sente tudo que eu fantasio, valsando nas pontas 
dos pés, eu olho para um sorriso estonteante 
E o seu sorriso  era  como  o sol para  mim... 
tudo que ganho em cada sorriso teu.   
Vem dançar comigo, você é meu maior delírio, 
meu perfeito abrigo para guardar meus sonhos... 
E então, dança comigo?!  
Diz que sim e não espere as estrelas apagarem.
Vem! A Lua espera por nós. 
 *Joe Luigi*
 
A gente se ama....
-E aconteceu um beijo ardente e longo,
nenhuma palavra, não precisávamos dizer
nossos lábios falavam por nós.
E você me deu aquele sorriso lindo,
o brilho mágico do teu olhar tão meu
e a gente se completou ....
nós nos amamos.
Você é  minha poesia o meu amor de alma,
metade que me completa num todo
E basta apenas um sorriso e um toque
e o amor fala por nós.
*Joe Luigi*

É que o destino já sabia.
que o momento não estava ali.
Porém o amor muito teimoso,
persistia em sentir.
Até que um dia,
o destino se silêncio.
Estava diante do verdadeiro amor
E este transbordante ao seu amado se declarou:

Outro de você não há!
Nem que todas as forças da natureza
pudessem se juntar.
Não conseguiriam outro de você formar.
Somente Deus pôde a ti criar
fez-te para mim
como fez para a terra o mar.

Era uma vez...
O amor e o destino.

*Enide Santos*

 
CICATRIZES PROFUNDAS

pudesse eu ter-te nas horas de silêncio 
serias o mais belo momento
quando te sentisse isolada dentro de mim

pudesse eu falar à tua alma
nos pensamentos que se vão e não voltam
serias eterna na fragilidade das minhas emoções

o tempo que impões para que viva deserto de certezas
é escasso
para esta dimensão de tempo de regozijo

porque nada tenho
trazes-me o cheiro da tua palidez
e me tornas escravo das horas
nesta intensa aflição

no teu corpo nascem raízes
e florescem roseiras de espinhos
é lá onde vou beber o vapor do amor

só por isso aceito a escravidão do tempo
que me deixa cicatrizes profundas e silenciosas

*CFBB /Carlos Fernando Bondoso Bondoso*

 
Quando você some

Há um descontrole em meu pensamento
Há um fervilhar de palavras tão sentidas
Um querer gritar à caneta, papel e vento
Há composições em mim tão reprimidas.

Existe um cheio de vazio em cada minuto
Um espaço que corre sem ser preenchido
Uma lacuna, de sua ausência um atributo
Há chuva de anseio em verso esbaforido.

Não há tristeza, há somente um cuidado
Há um querer pegar e acarinhar no colo
Há uma certeza de ternura tão sem dolo.

Existe tanto fato em mim que fica calado
O desejo de ver você é que me consome
Quase me desconheço quando você some.

Raquel Ordones
Uberlândia MG 

SONHOS DE AMOR

Amor palavra carregada de sentimentos!
Na vida alguns vividos amores intensos!
No Amor ternura carinho se encontra
paixão caricias prazer o lado físico do
amor!
Sentimentos se completam vividos a 
dois se compreendidos!
Sentimento gratificante fica como se
esteja a viver em estado de graça!
Vontade rir viver dançar!
É tudo um sonho e fantasia tornado
numa doce realidade e felicidade!
É como um sorriso cristalino puro
na inocência de criança!
Doçura suavidade mundo cor-de-rosa
sublime sonho de esperança!
Felicidade alegria doce tortura no 
limiar da vida sonhos e fantasias
em dias Primavera raios de sol
céu azul enigma transparente
num olhar brilhante de emoções
toques de Amor melodia no coração
eterno criança!

CARMEM MARQUES 

ROTA ÚNICA

Sinto essa força que me atrai
e que me leva até você...
Mais forte do que ímã, 
mais até do que a própria gravidade,
quando cola meus pés no chão!

É como aquela que faz
das marés prateadas, volumosas...

Sob o luar cheio no verão!

Meu norte, quando faz da agulha,
bússola, pra navegar em suas águas,
e sem naufrágio no coração...
Sim, sinto bem fundo a fagulha!

É uma força que proclama:
“Basta de ser ermitão!”

Por isso, busco seguro, pelo seu farol, 
não me deixe assim, sem lua,
sem o brilho das estrelas!
Já sou pra sempre sua nau noturna! 
Você, meu astrolábio ao sol!

Sinto sem medo, agora é a hora!

Ah, amor, não há mais dúvida...
Vamos atar de vez 
em nó de marinheiro, bem apertado, 
nossos polos pela vida afora!

Seja em terra firme, 
seja no singrar dos 7 mares!

*P.Z./ Patrícia Zago*


AO VENTO 

A noite vem chegando, meu amor,
Cantas-me baixinha a tua canção...
E os meus ouvidos em solidão,
Deixa-os embriagar ao seu primor...

Cantas minha alma à seu esplendor,
Deixas que pulse o meu coração...
E no meu ilusivo à devassidão,
Cantas-me baixinha a minha dor...

Há gargalhadas que não são sorrir,
Há ventos que não são cantigas
E há lágrimas que não são chorar...

A minha dor na noite, se passa a rir
Em cantos inquietos, que antigas,
Foras os dias por meu amor cantar...
*Poeta Dolandmay Walter*  

 
 Águas de mar

Nem preciso de espelho
Olho nas aguas do mar
E nela vejo dentro de mim
Vejo minha sombra e sou assim...

Vejo o reflexo dos meus desejos
E num frenesi constante
Vejo nas sombras os anseios...

E nesse esbanjar de sombras
Sou poeta dos ventos
Sopro o desejo no mar
Recolho poesias e contos...

No reflexo das águas do mar
Na magia sou sombra sou tudo
Dos meus poemas os retalhos
Da minha alma os estilhaços...

Eu sou o vento passageiro
Que surge nas manhãs
E foge nas madrugadas
Brisa menina de corpo brejeiro...

* IRÁ RODRIGUES*

Silêncio e ninguém

Deito-me no silêncio
Porque é ele que me mata…

É disso que se trata:
De um mar inquieto
Onde quieta navego
Sem esperança…no vazio
Da espera…

Não quero ficar em terra…
Prefiro o mar salgado
De um futuro adiado
Porque o rumo me desespera
No silêncio que ficou nos bolsos
Vazios

E os Lobos indiferentes
Apenas querem alimentos
Das entranhas das gentes
Adiando a alegria
Essa…perdida no silêncio
Da monotonia
Dia após dia…

Não quero…não quero a terra
Estéril de ilusão sonhada
Seca da doçura de antigamente
Prefiro o mar…

E este silêncio de rejeitar
Por ninguém querer acordar…

Quem? Quem me dá a mão
E devolve a ilusão?
Não ouço nada…
Apenas o silêncio a doer!
*Rosa Alentejana* 

A VOZ DO SILÊNCIO

Saber ouvir, é um dom primoroso,
Quando se ouve com o coração,
Com a singeleza da sabedoria;
Bem mais que falar,
Especialmente, quando as palavras
Não são projetadas para o que elas intentam dizer;
Ou, quando são ditas apenas
Para preencher o vazio
Que o silêncio se encarregou de deixar.
Saber calar,
Às vezes, se faz bem mais necessário que falar,
E é um ato grandioso;
Quando o momento não é propício para palavras,
Principalmente, quando estas são frias,
E não propagam o contexto
Que se encaixa no preciso instante;
Ou, quando o silêncio se faz elegante,
Definindo que nem sempre,
O discurso é propício.
Falar, nem sempre diz o essencial,
Mas, os gestos podem ser loquazes,
Podendo elucidar,
Transcendendo os maiores obstáculos;
Modestamente,
Silenciosamente...
*Joana Rodrigues*

DESTINO

O destino pré-escrito,
Aceitá-lo o tornará real.
Nas entrelinhas a história dentro da história,
Uma é verdade 
A outra é a arte da ilusão.
Como anda o coração?
Um ser tão frágil onde queima a paixão.
Cheiro de cedro, rosas e almíscar...
O verde caminho (destino),
Onde me levará?
Portas!...
Qual atravessar?
Ser prudente como a serpente, 
Mas seguir sempre inocente;
Não deixar que a maldade faça de mim sua habitação,
Na brancura da rosa...
Ver!
Um olhar na salvação.
O caminho já foi escrito
E o livre arbítrio?
... Por linhas tortas ou fios de ilusão...
Chão instável como as batidas do meu coração;
O certo e o errado,
Equilíbrio e comunhão,
Bem e mal,
Nesse temeroso coração;
Liberdade!
Prisão sem portas,
Com o grilhão nas mãos,
Para arrebentá-lo basta uma decisão,
Reescrever o que foi escrito,
Nas linhas da mão,
Na palma espalmada uma única direção.

*ELIZANGELA MONTEIRO*

ESTÁ EM VOCÊ...

Se você não tem as rédeas da sua vida, 
Outro fará isso por você!

Se você não sabe dizer não,
O mundo dirá NÃO pra você!

Se você não trabalha o seu autoconhecimento,
Não descobrirá o seu potencial!

Se você não policia os seus pensamentos,
Eles o aprisionarão!

Se você não se posiciona na vida,
Outros o derrubarão!

Está em você a força e o poder de transformar o seu destino!
Comece agora...
Já!
E tome as rédeas do seu coração e dos seus pensamentos...

*Gênice Suavi*

 
Ops! Não foi possível realizar sua inscrição.

Inscrição realizada!

E-mail inválido