Michel Temer busca contato direto com executivos de multinacionais

O Presidente Temer chamou os principais executivos de multinacionais que operam no Brasil para conversar. É uma atitude inusual.

Isso gera reações favoráveis e desfavoráveis. Gera perdas e pode gerar ganhos. De imediato ocorrem perdas: força o movimento ‘ForaTemer’, e dentro das ações da esquerda pode juntar o ‘vendido’.

Do outro lado, com o colapso do mercado interno, sem possibilidade de recuperação por força própria, o Brasil depende de um substancial aumento das exportações de industrializados para superar a crise.

Na conformação atual do comércio internacional a maior parte do movimento é da operações intra-firmas, ou seja da movimentação feita pelas multinacionais entre as suas diversas unidades espalhadas pelo mundo.

Jorge Hori

Jorge Hori

Articulista