A Terra Adorada está em perigo nas mãos dessa gente desclassificada e perversa

30/11/2016 às 14:50

Nesta quinta-feira (29), o Brasil inteiro estava de luto.

Quem não chorava, se calava em reverência às vítimas do desastre que se abateu sobre o time Chapecoense, matando tantas pessoas e tantos sonhos de uma vez só.

Morte coletiva é episódio grave e futebol é muito importante para os brasileiros e toda população estava muito abalada, afetada, consternada.

Até fora do Brasil, instituições e estrangeiros também mobilizados para expressar solidariedade e respeito face à tragédia que fez sangrar tantos corações... de mães, pais, filhos, cônjuges, fãs, amigos, tanta gente chorando.

Só os nossos congressistas, deputados e senadores, se mostraram alheios à dor do povo, a quem deveriam representar. 

Ao contrário disso, tiraram proveito da situação calamitosa, numa total demonstração de desrespeito e indiferença ao bem coletivo. E contrariando manifestações e anseios da população claramente explicitados, aprovaram aberrações contra os interesses das pessoas e da Nação, com o intuito de se protegerem de punição pelos próprios crimes e crimes graves!

O nosso Congresso acabou. Está morto. Já não é uma instituição democrática. Há que se descobrir um caminho legal para dissolver o Congresso Nacional e destituir seus integrantes, antes que todo o país seja destruído.

Falta dignidade, responsabilidade, honestidade, falta decoro, compromisso com os eleitores, com os representados, falta espírito democrático, falta honra.

Deve haver uma forma de destituir quem foi eleito para representar, mas desrespeita essa delegação de poder.

Dever haver um jeito! Há que se cortar as asas, digo, cassar o mandato da maior figura do mal que inspira tantos desmandos, dessa pessoa nefasta que preside o Senado, Renan Calheiros.

Mais do que isso, há que se mudar as leis de forma a que nosso Congresso deixe de ser atraente para bandidos que buscam abrigo sob as asas de duas aberrações institucionais brasileiras: imunidade parlamentar e foro privilegiado.

A Terra Adorada está em perigo nas mãos dessa gente desclassificada e perversa. Há uma luta de titãs pela frente. Não podemos entregar nossa democracia, nossas riquezas e, sobretudo, as vidas do nosso povo, nas mãos de um grupo de bandidos de ternos, ternos caros e muitos privilégios bancados pelos contribuintes.

Ou o Congresso se refaz ou o Congresso tem que ser fechado.

Carmel Gomes

de Brasília - DF

Ops! Não foi possível realizar sua inscrição.

Inscrição realizada!

E-mail inválido