Samba-enredo de Imperatriz Leopoldinense revolta o agronegócio (Veja o vídeo)

A tradicional escola de samba carioca Imperatriz Leopoldinense resolveu atacar indiscriminadamente o agronegócio, causando indignação em diversos brasileiros que labutam nesta área.

‘O belo monstro rouba as terras dos seus filhos, devora as matas e seca os rios, tanta riqueza que a cobiça destruiu’, diz um certo trecho.

Uma das alas da escola tem o título ‘Fazendeiros e seus agrotóxicos’, onde a fantasia de seus integrantes tem o símbolo de uma caveira bem no meio. Uma outra ala faz menção a doenças e pragas.

A escola nivela por baixo uma categoria repleta de ‘lutadores’ que põem comida na mesa das pessoas.

Não se pode generalizar toda uma classe em função da ação nefasta de uma minoria.

Veja o vídeo abaixo, com matéria completa sobre o assunto, produzida pelo ‘Canal Rural’.

da Redação