A arte do beijo

A arte de beijar requer alguns cuidados indispensáveis

02/07/2015 às 09:24
O beijo é o primeiro dos maravilhosos contatos íntimos entre parceiros do amor. É a partida para a descoberta da sensibilidade e da sensualidade recíproca. 
Antes de iniciar seus beijos certifique-se da perfeita higiene de sua boca. A primeira impressão é que fica para sempre na memória e uma boca com mau hálito será inesquecível.
Acomode os seus lábios contra os lábios dela, sem pressão. Isto manterá seus dentes cobertos e evitará qualquer contato inicial mais duro, o que poderia incomodá-la.  
Comece com pequenos beijinhos, sem pressa, de forma a prepará-la para um beijo mais ardente. 
Sentindo sua aceitação, toque com a língua a parte interna dos lábios dela, percorrendo-a, mas nesta fase não penetre além dos dentes. 
Comece a levantar sua temperatura sexual com beijos sensíveis, perscrutadores, e então proceda mais arrojadamente quando notar que ela está gostando de seus beijos. 
Deixe a língua escorregar entre os dentes dela, até tocar sua língua. Em seguida retire e observe se ela o imita. 
Repita esta tática até ela seguir sua língua tão rapidamente quanto você a insere e retira.
Ocasionalmente, mordique (não morda) seu lábio interior, sugando-o suavemente. Varie de área. Beije seus lóbulos da orelha... seus olhos... seu pescoço, especialmente a área entre a orelha e o pescoço, onde se encontra a linha do queixo. 
Conserve a língua estreita e pontiaguda, e não larga e flácida. Normalmente a língua de um homem é maior que a de uma mulher e enche-la totalmente a boca pode causar um sentimento de pânico. 
Esteja sempre atento a qualquer retribuição ou rejeição em relação a seus ardentes beijos. Caso sinta dúvida, abstenha-se de penetrar muito profundamente em sua boca. Recomece lentamente até sentir que ela está aceitando e apreciando a ação de sua língua uma vez mais.
A arte de beijar requer alguns cuidados indispensáveis: 
a/ Mantenha a serenidade. Para mostrar seu ardor não há necessidade de esmagar os lábios da mulher contra os dentes dela. 
b/ Não a sufoque quando a estiver beijando.
c/ Não tente nunca enfiar a língua em sua garganta. Em vez de excitá-la poderá provocar rejeição ao seu impulso. 
d/ Não lhe morda os lábios, pois pode feri-los. Pequenas e suaves mordidelas são aceitáveis e provocam excitação, mas não exagere. 
e/ Não lhe dê um beijo seco e sem pressão, como um selinho. Tudo tem sua hora. A boca deve estar úmida e totalmente limpa. 
f/ Não beije com a boca escancarada, abarcando por completo os lábios dela. 
g/ Não beba quando a estiver beijando. Isto é anti-higiênico e totalmente desagradável para ambos. 
h/ Não dê um beijo tão longo que a impeça de respirar. 
Nicéas Romeo Zanchett 

Ops! Não foi possível realizar sua inscrição.

Inscrição realizada!

E-mail inválido