Temer e Trump conversam por telefone e tramam contra a Venezuela

19/03/2017 às 05:16

O tema principal da conversa telefônica havida neste sábado (18), entre o presidente dos Estados Unidos Donald Trump e o presidente do Brasil Michel Temer, foi a atual situação da Venezuela.

É a segunda vez que o governo americano gestiona no sentido de que o Brasil coordene os esforços para tentar achar uma saída para a crise na Venezuela.

O secretário de Estado americano, Rex Tillerson, já havia manifestado essa preocupação em fevereiro, ao então chanceler José Serra, num encontro na Alemanha.

Esta foi primeira conversa com Michel Temer, desde que Donald Trump tomou posse.

O americano manifestou interesse em receber a visita do brasileiro em Washington e o cumprimentou ‘pelos importantes resultados já alcançados’.

Trump já havia conversado sobre a incômoda situação venezuelana com os presidentes Maurício Macri, da Argentina, e Juan Manuel Santos, da Colômbia. E recebeu o presidente peruano Pedro Pablo Kuczynski na Casa Branca, com quem também tratou do assunto.

O presidente da Venezuela Nicolas Maduro, por sua vez, já baixou a guarda. Recentemente ele mandou um recado para Trump. ‘A Venezuela quer relações de respeito, num quadro de igualdade, relações de comunicação, de diálogo e de paz com os Estados Unidos’, disse Maduro.

Entretanto, está evidente a intenção americana de pressionar a Venezuela.

Tolerar Maduro tornou-se insuportável

da Redação

Ops! Não foi possível realizar sua inscrição.

Inscrição realizada!

E-mail inválido