Implacável, Moro sentencia Cunha a 15 anos de prisão

O ex-deputado Eduardo Cunha foi condenado nesta quinta-feira (30) a 15 anos e quatro meses de prisão pelo cometimento dos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e evasão fraudulenta de divisas.

O homem que já foi uma ‘autoridade’, que já teve muito poder, que induvidosamente tem muito dinheiro e que não suporta mais a condição de presidiário, tem seu destino selado.

O caso chegou às mãos de Moro em setembro de 2016. Em apenas 6 meses o réu está devidamente sentenciado.

Assim se faz a verdadeira Justiça.

Diante disso, a Eduardo Cunha só resta uma opção para amenizar o seu sofrimento. Delatar o que sabe.

Fatalmente, essa hipótese será retomada pelo ex-deputado.

Amanda Acosta

[email protected]