Morre a brasileira que foi confidente da princesa Diana

02/04/2017 às 11:53

A ex-embaixatriz Lúcia Flexa de Lima faleceu na manhã deste domingo (02), em Brasília, aos 76 anos, depois de lutar por um ano contra um câncer.

Admirada por sua incontestável elegância e bom gosto, Lúcia passou pelas embaixadas de Washington, Paris, Londres e Roma ao lado do marido e ex-embaixador Paulo Tarso Flecha de Lima.

Conquistou inúmeras amizades internacionais, como o casal Bill e Hillary Clinton e a princesa Diana, de quem foi amiga e confidente.

Ultimamente, mesmo doente, Lúcia Flexa de Lima comandava projetos sociais em Brasília, onde presidia a Casa do Candango, uma sociedade beneficente que cuida de 300 crianças carentes, e do Lar São José, um abrigo de idosos.

A amizade se consolidou com a vinda do príncipe Charles e Diana ao Brasil em 1991 para uma visita de seis dias. Na ocasião, Paulo Tarso Flecha de Lima, então embaixador em Londres, recebeu do governo a missão de ciceronear o casal. Nesse período, Lúcia conviveu intensamente com Diana. 

A aproximação prosseguiu em Londres e a amizade veio a público quando Diana convidou a amiga para acompanhá-la nas finais do torneio de tênis de Wimbledon. A partir daí, Lúcia tornou-sem uma das principais amigas e confidentes da princesa.

da Redação

Ops! Não foi possível realizar sua inscrição.

Inscrição realizada!

E-mail inválido