O agonizante esperneio da militância petista e as últimas vítimas de Lula

11/04/2017 às 19:54

O Brasil assiste extasiado às inúmeras revelações do envolvimento do Partido dos Trabalhadores em práticas lesivas de propina e corrupção, notadamente de seu maior líder, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de sua mais nefasta criação, a ex-presidente Dilma Rousseff. 

O número de acusações torna-se cada vez mais volumoso e irrefutável, levando-nos a clarividência de que o resultado final será de várias condenações e pesadíssimas penas.

Diante desse quadro, a prisão desses dois criminosos passou a condição de verdadeiro clamor popular, uma exigência do povo brasileiro.

Paralelamente, uma pequenina parcela da população, os militantes petistas, aqueles que roboticamente ainda acreditam que Lula é a alma mais honesta do Brasil, chora, esperneia e insulta nas redes sociais, nas ruas e nos blogs e sites apócrifos, controlados por pseudojornalistas financiados pelo PT, que se enriqueceram com as fartas verbas públicas distribuídas generosamente na era PT.

Pois bem, uma parte da militância, aqueles ‘cegos’ abnegados, pessoas humildes controladas pela Orcrim, os chamados ‘militontos’, são verdadeiramente às últimas vítimas de Lula, a esperança que se tornou o maior crápula da história do Brasil.

Um dia, eles também despertarão desse terrível pesadelo.

José Tolentino

Ops! Não foi possível realizar sua inscrição.

Inscrição realizada!

E-mail inválido