A hipocrisia de Lula com pena de Collor (veja o vídeo)

A análise das entrevistas de Lula e de sua trajetória até chegar ao poder é nauseante e causa ojeriza.

De qualquer forma, inegável que se trata de uma pessoa diferenciada, especialista na arte de manipular. Não fosse isto, não veríamos pessoas notáveis, conhecidas e desconhecidas do grande público, que ainda idolatram o petista.

Inteligência parece ser um dom. Mau-caratismo e falta de escrúpulos são qualidades altamente negativas impregnadas na raça humana. Lula nasceu como o dom e tem as duas más qualidades em altíssimo grau. Por isto é extremamente perigoso.

Uma entrevista que Lula concedeu logo após o impeachment de Collor revela toda a sua perspicácia e maquiavelismo.

Com voz melancólica – um grande ator – ele diz que tem pena de Collor e explica: ‘uma pessoa que teve a oportunidade que aquele cidadão teve de fazer alguma coisa de bem para o Brasil, um homem que tinha respaldo da grande maioria do povo brasileiro e, ao invés de construir um governo, construiu uma quadrilha, me dá pena porque deve haver qualquer sintoma de debilidade no funcionamento do cérebro do Collor’.

Lula é um débil e o diagnóstico é dele próprio.

Vanessa Mallmann

[email protected]