A casta dos ‘zumbis’

A fome, a falta de saúde e educação, uma segurança policial tendenciosa e inconstante, a total falta de participação social que todos os governos sempre demonstraram, fizeram aparecer uma nova casta no país, a casta dos zumbis.

Bastou aparecer um exímio manipulador, assessorado por experts em corrupção, que, acenando uma vã esperança de cura para tal doença (a ‘zumbilose’), para traze-los à seu comando e manipula-los por conveniência de um grupo criminoso.

A doença se agravou e revolta suas vítimas quando, mesmo com substancialidade de provas, o condutor de suas mentes é ameaçado de ser preso. Estes doentes são perigosos, pois, seu sangue está envenenado, sua mente embotada, e sua capacidade de raciocínio está completamente afetada. Como cura-los?

Aí, quando o surto de inconsequências os atacar e os fizer partir para atos prejudiciais à ordem, a Polícia e as Forças Armadas lhes darão aquela dose do chamado ‘sossega leão’, que pode ser aumentada por aquela denominada ‘vai pra casa Padilha’, e se ainda assim o ímpeto dos ‘zumbís’ não for contido , então, virá a solução final, ‘a chupa cabra’.

Vão haver cenas inesquecíveis, cenas tristes que os próximos governos devem tomar como alerta, e se conscientizarem de que não é só com pão e circo que se conquista um povo em toda sua essência.

Hércules Vilarins

de Campo Grande (MS)