Líder oposicionista Leopoldo López pode ter sido envenenado por Maduro

04/05/2017 às 09:17

Rumores fortíssimos continuam proliferando na Venezuela dando conta do sumiço do líder oposicionista e ex-prefeito de Caracas, Leopoldo Lopez.

Os boatos começaram após uma mensagem no Twitter do comunicador venezuelano Leopoldo Castillo, que vive em Miami, que dizia: ‘Informação traslado de Leopoldo Lopez de Ramo Verde ao Hospital Militar, sem sinais vitais. Regime maneja hipótese de intoxicação’.

López cumpre desde 2014 uma pena de quase 14 anos na prisão militar de Ramo Verde.

Defensores da ditadura imposta por Maduro já apresentaram vídeos tentando demonstrar que o líder oposicionista está vivo. Entretanto, não permitem que ninguém fale com ele, nem mesmo a esposa Lilian Tintori.

da Redação

Ops! Não foi possível realizar sua inscrição.

Inscrição realizada!

E-mail inválido