TCE

Flagrante: Dilma utilizava email clandestino para obstruir a Justiça

Dilma é muito pior do que se possa imaginar. É sorrateira e dissimulada.

Monica Moura, esposa do marqueteiro João Santana, revelou em seu depoimento que a ex-presidente Dilma Rousseff utilizava um email clandestino para mantê-la informada de todos os passos da Operação Lava Jato.

Através das mensagens eletrônicas, onde as duas partes utilizavam nomes fictícios, a presidente avisou o casal sobre o avanço da Lava Jato em direção a eles.

Foi Mônica quem criou a conta de email, mas ela e a então presidente possuíam a senha.

O computador que Mônica utilizava já foi entregue aos investigadores.

A constatação de que Dilma operava o outro lado da conta não será difícil, bastará rastrear o IP da máquina que acessou o email na outra ponta, fatalmente chegarão a um dos endereços da petista.

da Redação