O homem que faz de seu cargo uma banca de barganhas inconfessáveis leva 'tomataço' (veja o vídeo)

O ministro Gilmar Mendes emitiu nota na tarde desta terça-feira (9) negando qualquer impedimento para que ele seja o relator do pedido de liberdade feito pelo empresário Eike Batista.

O argumento de Mendes é uma verdadeira piada para as pessoas que convivem no meio jurídico e sabem como a coisa funciona. Um escárnio.

O escritório do advogado Fernando Martins, que propôs o habeas corpus para Eike, funciona como um apêndice do Escritório Sérgio Bermudes.

Certamente quem pagou o escritório que impetrou a medida foi o próprio Bermudes, que efetivamente é quem recebe de Eike.

Assim funciona a advocacia...

É até possível que o tal Fernando Martins nem conheça o ex-bilionário.

A conversa mole de Mendes só engana os incautos e serve tão somente de pano de fundo para que as demais autoridades façam vistas grossas.

Porém, a indignação da população está crescendo. 

O ministro ao sair do STF na tarde desta terça-feira (9) teve o seu carro cercado por populares, levou um 'tomataço' e foi obrigado a sair em alta velocidade.

Otto Dantas

[email protected]