A ‘mentira’ agora fala a verdade e desnuda a organização criminosa

O homem que fez da ‘mentira’ o seu meio de vida, enganando e trapaceando o povo brasileiro com fabulosas estratégias midiáticas, finalmente fala a verdade e entrega uma organização criminosa que se utilizou de seus serviços para se manter no poder.

O homem que fez da sua vida a transformação da mentira em ‘verdade’, não pode agora ser desmentido por sua vasta clientela.

O marqueteiro João Santana e sua mulher Mônica Moura entregaram em suas delações premiadas um grupo enorme de picaretas, incluindo os ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff.

Santana e Mônica conviviam com a cúpula do PT e tinham notável intimidade com os ex-presidentes. São delações essencialmente petistas, da mesma maneira como serão as de Palocci e Vaccari, caso se confirmem.

Os marqueteiros desconstroem totalmente a imagem de que Dilma é uma mulher proba, uma pessoa honesta. Pelo contrário, apresentam Dilma como uma figura abominável, nauseante e repugnante. E Lula como o 'grande chefe' da nefasta organização voltada para o mal, a corrupção e a propina.

O homem que através da mentira construiu uma falsa imagem que fez o PT ganhar quatro eleições, ironicamente será fundamental na desconstrução desse engodo.

Amanda Acosta

[email protected]