Sobre nosso Abraço Cívico deste Domingo!

Dizem que o melhor lugar do mundo é dentro de um abraço! Um abraço é sempre uma confraternização! Talvez a última festa cívica do campo-grandense desse ano, seja dentro desse abraço! Participe! Como diz o compositor Ronaldo Bastos: Quem perdeu o trem da história por querer, foi mais um covarde a se esconder diante de um novo tempo!
Esse evento é totalmente apartidário, pacífico, livre e aberto a todos, indiscriminadamente. Não há organização nenhuma por trás e representa o que o tem de mais belo na democracia hoje: a espontaneidade da organização das pessoas, usando somente as redes sociais.
Penso que a democracia daqui há milhares de anos vai ser assim: todos representando a todos, conectados em redes virtuais, fortalecendo a política incrivelmente e nos livrando dos políticos! Olha que incongruência utópica e deliciosa: Política sem políticos!
E antes do abraço já temos uma pequena e modesta vitória: o Ministério Público Estadual (MPE) deve se manifestar sobre o caso na segunda-feira (28), data em que foi agendada uma coletiva para esclarecer fatos relacionados ao caso. Queremos respostas porque nossa indignação chegou ao limite!
Os envolvidos no relatório final do Gaeco e seus braços advocatícios e midiáticos não têm como atacar a honra do jovem Promotor Marcos Alex Vera, por ser probo, honesto, ético e acima de tudo corajoso. Por isso tentam desqualificar o relatório como fajuto, inconsistente e irresponsável.
É assim que pensam e defendem os do lado de lá. Do lado de cá não vemos isso com tanta economia assim, entendemos que o promotor Marcos Alex Vera está sendo punido por ter dado nome aos bandidos, ladrões, quadrilheiros mafiosos, vagabundos e políticos corruptos. E isso é uma afronta ao status quo nunca visto antes nesse Estado! 
Vamos sim fazer nosso abraço pra estalar nossa indignação!
Um forte abraço e até o abraço de daqui a pouco!
Galvão
Músico e jornalista

                                https://www.facebook.com/jornaldacidadeonline
Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online. 

da Redação