Figurinista e José Mayer fecham acordo

O caso de assédio sexual envolvendo a figurinista Susllem Tonani e o ator José Mayer, vai acabar em ‘pizza’. Tudo indica que as partes fizeram algum tipo de acordo, provavelmente com a interveniência da Rede Globo.

Nesta segunda-feira (24), pela quarta vez consecutiva, Su Tonani deixou de comparecer à Delegacia para formalizar a queixa.

De acordo com a lei penal brasileira, em casos de assédio sexual, a vítima tem até seis meses para abrir uma representação na polícia.

O caso envolvendo a figurinista e o ator completa seis meses em agosto. Caso não haja a formalização da queixa, ocorre o arquivamento, sem possibilidade legal de reabertura.

O acordo entre as partes, certamente envolveu a carta em que José Mayer assumiu o erro e pediu desculpas.

Assim, mesmo sem a formalização da queixa, tendo assumido a culpa, o ator fica sem condições jurídicas de fazer algo contra a figurinista.

da Redação

da Redação